• Bruna Oliva

Redes sociais mais usadas pelos brasileiros em 2018

PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA YOUTUBE PASSA O FACEBOOK

O Facebook ainda é a rede social mais acessada no mundo com a impressionante marca de 2,26 bilhões de usuários em 2018. No Brasil não é diferente e hoje somos cerca de 130 milhões. Mas, pela primeira vez desde que se tornou a grande rede social, o Face perde a liderança em consumo de conteúdo para o YouTube.


Atualmente o brasileiro passa, em média, 3h39 nas redes sociais. Deste tempo, 60% é destinado a consumo de vídeo no Youtube e 59% aos conteúdos do Facebook. O Whatshap está bem próximo com 56%, seguido do FB Messenger com 43% e o Instagram com 40%. Os números são do mais recente estudo Global Digital Report realizado pela We Are Social e Hootsuite.


Mas precisamos analisar estes números com cautela para não menosprezar o poder de abrangência do Facebook, sem dúvida alguma a maior plataforma de mídia social existente. O Instagram tem crescido, e muito (cerca de 40%). E isso se deve também ao Facebook, afinal O IG pertence ao Face, e as mudanças de métricas e envolvimento anunciadas pelo Facebook visam justamente limitar as visualizações de conteúdos de empresas e promoções em seu feed talvez para evitar o que eu chamaria de “orkutização” de seus conteúdos. O brasileiro, que adora uma rede social (somos o segundo no mundo) “explodiu” o Orkut com uma enxurrada de conteúdos irrelevantes e o Facebook não quer isso.

Está cada vez mais claro (e todos os especialistas da área afirmam isso) que o que gera visualizações e engajamento é conteúdo relevante. E para isso é preciso estratégia, conhecimento de métricas e tráfego na rede, além, óbvio, de uma boa dose de criatividade para fazer sucesso. Muitas empresas já sabem disso e têm apostado alto nas mídias sociais. E o Face, neste quesito, ainda é o grande campeão com mais de 5 milhões de anunciantes brasileiros ativos e uma receita de US$ 40,6 bilhões aqui no Brasil.


26 visualizações0 comentário