• Bruna Oliva

Pesquisa revela número de usuários da Internet e redes sociais em todo mundo

Atualizado: 6 de Fev de 2020

Global Report Digital 2020 é um complexo estudo sobre o comportamento na internet


Os dados mais recentes sobre a Internet - fruto do relatório Digital 2020 realizado pela We Are Social e Hootsuite - foram divulgados agora no final de janeiro. Em linhas gerais, como todo mundo sabe, estamos cada vez mais conectados e inseridos nas mídias sociais. Dos 7.7 bilhões de habitantes na Terra, 4.5 bilhões usam a Internet e 3.8 bilhões estão em alguma rede social. O brasileiro manteve a terceira posição no ranking mundial, passando cerca de 9h17 por dia na Internet (sendo 3h31 em alguma rede social). Ou seja, vamos passar 100 dias inteiros de 2020 só “dentro da internet”.


Ainda não foram revelados os dados dos países separadamente. Portanto, não tivemos acesso ao extrato detalhado do comportamento do usuário brasileiro. Mas alguns números gerais já servem de referência. E no panorama global, podemos ver alguns dados sobre o Brasil. O Facebook, por exemplo, ainda reúne o maior número de contas em redes sociais por aqui (120 milhões de contas), seguido do Instagram (77 milhões), Linkedin (39 milhões), Snapchat (13.9 milhões) e Twitter (12,1 milhões). O Tik Tok cresceu muito no mundo todo, mas ainda não temos o quantitativo brasileiro. Estes números precisam de uma análise mais profunda, especialmente quando o objetivo é identificar nichos e “filtrar” públicos por idade, gênero, interesses, etc.


Outro fato curioso é que no mundo inteiro a publicidade, por exemplo, impacta mais homens do que mulheres tanto no Facebook quanto no Instagram. Em ambos a faixa etária mais atingida é a de 25 a 34 anos. Facebook (homens 19% e mulheres 13%) e no Instagram (Homens 18% e mulheres 17%).


Mais uma vez os dados em relação ao Brasil precisarão ser melhor esmiuçados. Neste ponto especificamente a minha experiência mostra que mais mulheres estão ativas no Instagram quando o assunto é e-commerce, por exemplo. Os números do Brasil em relação a média mundial podem ser diferentes porque em alguns territórios populosos (China, Índia e o Continente africano, por exemplo), a maioria das mulheres está desconectada devido a questões políticas e econômicas.


De todo modo o Digital 2020 mostra que o acesso em todos os países está crescendo. De 2018 até agora (o relatório analisa o ano de 2019) houve um aumento de 7% do total de pessoas que usam a internet em todos os continentes. Chegamos à marca de 60% da população conectada e a expectativa é de que até o segundo semestre deste ano pelo menos metade da população do planeta estará usando alguma mídia social.


Por fim o relatório confirma a tendência do humano em agregar o smartphone ao corpo. Mais da metade do tempo que passamos a internet (50,1%) estamos usando no celular e pelo menos 43% dos usuários já usam o comando de voz de seu aparelho para diversas finalidades. Em breve prometo trazer novos dados, mas se alguém quiser conferir o relatório completo, pode vê-lo aqui: https://wearesocial.com/


Rodrigo Florencio é jornalista com especialização em Marketing Digital. Sócio fundador da Ímpar Comunicação.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo